sábado, 18 de abril de 2009

after-hours



Adoro uma boa sexta-feira. Gosto principalmente de ficar em casa numa sexta feira. Isto é, se não houver nada de importante e único para se fazer à noite, tipo aniversário ou funeral...
Mas não sou muito pessoa que vai sempre para as discotecas. Parece que reservo a sexta e o sábado para ficar em casa. Provavelmente são reminiscências da faculdade onde só saia aos dias da semana.
Numa boa sexta-feira gosto de preparar uma refeição lenta e aprecia-la enquanto frito o cérebro a ver televisão ou a ver um filme.
Hoje foi uma dessas sextas-feiras. E até nem fiz o jantar nem nada. Foi-me preparado um belo Jack Potato que é tipicamente inglês. Como foi uma inglesa que preparou, fui à confiança. E não me enganei. Eram a trampa que estava à espera...

(ahahahah)

Não.
Creio que é das poucas coisas inglesas que realmente apreciei. Ou ela se enganou, ou aquilo é realmente bom. Ficamos é com uma pança enorme. Mas como eu já tenho uma, deu para disfarçar...

Foi um serão bastante bom. Agora está toda a gente a dormir e eu estou a trabalhar um pouco no computador. Se há coisa que também gosto é de trabalhar calmamente à noite. Parece que nunca fui dado para trabalhar/estudar de manhã. Sou mais uma pessoa que gosta de fazer serões. E o que aprecio também é andar pela casa à noite e saber que tá tudo a dormir. Subir as escadas e ver tudo escuro, a noite lá fora, tudo silencioso e apenas uma pequena luz a vir da sala (onde me encontro).

Sento-me à frente do computador, com apenas uma pequena luz de ambiente ali no canto da sala e a televisão ligada (mas sem som). Coloco os meus headphones e ouço o meu amigo Tony Bennett a cantar com o grande Stevie Wonder. Algo calmo e relaxante.

Entretanto o meu olho escapa-se e dá uma espreitadela na televisão.Digo-vos que aqui também há aquele concurso que dá as 2h em Portugal em que as pessoas telefonam a tentar adivinhar o nome secreto. Agora estão a falar de plantas. É curioso porque dos 5 canais que tenho, 4 deles têm variados programas com uma pessoa no canto inferior direito a traduzir para linguagem gestual. O giro é que os canais só metem esta tradução gestual depois das 2h. Parece que os surdos aqui em Inglaterra só vêm televisão a altas horas da noite. Durante o dia dormem e ficam enfiados nos seus caixões. Também é difícil acordar de manhã quando não se consegue ouvir o despertador.

(ahahahah)

Deixo-vos com os nossos amigos que referi acima.
Muito bom.


0 Comentarios: