terça-feira, 28 de abril de 2009

Bzzzzzz

Sempre tive um pavor a abelhas. Digo sempre que sou alérgico, mas a verdade é que não sou. Apenas quando era puto tava a ir para casa do meu pai e não sei porquê um enxame de abelhas começou-me atacar sem motivo nenhum.

Não meus amigos. Não considero motivo o facto de eu ter estado antes atirar pedras para a colmeia delas...

Ainda hoje as consigo ver a virem na minha direcção com o pico virado para mim e com ar de más. As mulas...

Seja como for. Desde desse dia apanhei uma fobia a abelhas que não as posso ver. Então a vespas (sim, porque essas é que são vacas mesmo) é pior porque elas atacam só mesmo naquela de fazer alguma coisa. Tipo, tão aborrecidas e tal, e metem-se atacar jovens cristãos como eu...

Então quando vejo um abelhão, tipo daqueles mesmo peludos e que fazem BZZZZ mesmo alto fico sempre com um pequeno pavor...porque imagino se as abelhas já têm um pico grande, então os abelhões devem ter um pico do tamanho daqui até Sangalhos.
E Sangalhos fica longe...

Mas para mim surpresa, enquanto assistia a uma aula de Biologia Animal na Universidade, a professora diz que os abelhões NÃO possuem um pico (nome científico: Ferrão). Eu, como némesis das abelhas, achei aquilo muito estranho. Não fui muito na conversa. Só que o problema era saber como confirmar a veracidade...

Ir aos livros científicos e verificar? Não. Dá muito trabalho amigos...
Ir à Internet? A net é só para o porno e se meterem pico ou ferrão no Google, ainda apanham uma surpresa...ahahahahah

Foi então que constatei que a única maneira seria capturar um abelhão. A oportunidade apareceu aqui em Cambridge quando consegui capturar um abelhão, após meses de planeamento e estratégia.

As fotos não mentem...





0 Comentarios: