segunda-feira, 20 de abril de 2009

Stephen Hawking walks...



"Stephen Hawking, um dos mais conceituados cientistas do mundo, foi hospitalizado em estado muito grave, indicou hoje a Universidade de Cambridge. O físico, 67 anos, que trabalha naquela universidade, está agora a ser submetido a exames no Hospital Addenbrooke, em Cambridge."

- in Diário Digital

"O cientista britânico Stephen Hawking, de 67 anos, foi internado de urgência no hospital Addenbrookes, perto de Cambridge."

- in Público

"Scientist and author Stephen Hawking is "very ill" and has been hospitalized, according to Cambridge University, where he is a professor."

- in CNN

Este senhor encontra-se no Hospital aqui a 5 minutos de minha casa.

Quem é este senhor?

Stephen Hawking é um físico teórico. Nascido no 300º aniversário da morte de Galileu Galilei, no dia 8 de Janeiro de 1942. Ele ocupa o prestigiado posto de Lucasian Professor of Mathematics aqui na Universidade de Cambridge. Este posto já foi ocupado por Sir Isaac Newton (1669-1702). A sua carreira estende-se por mais de 40 anos e descobriu que os buracos negros emitem radiação, agora conhecidos como a Radiação de Hawkings. No entanto a sua área estende-se pela cosmologia, astronomia, física quântica e um pouco pela cozinha japonesa.

É um dos mais famosos e prestigiados cientistas no mundo. Participou em diversas séries televisivas, destacando-se um episódio dos Simpsons e um episódio de Star Trek. O seu grande livro "Uma breve história do Tempo" é tipo colossal. É melhor que o livro da Carolina Salgado e quase tão bom como as conversas com Jesus da filha do Solnado.

Formou-se em Oxford mas viu que por lá não se fazia grande ciência e como é óbvio decidiu vir até Cambridge para dominar a ciência por aqui (nota: eu ainda não estava por cá). Foi nessa altura que começou a desenvolver os primeiros sintomas de Esclerose Lateral Miotrófica que se caracteriza por uma desordem neuronal motora. O seu sistema neuromotor fica severamente afectado deixando-o preso a uma cadeira durante o resto da sua vida. Completamente dependente de outros a única maneira que tem para contactar é através de um aparelho (inventado por um cientista aqui de Cambridge) que o permite escrever e depois converter o texto em som. Depois de receber esta grande invenção, Hawking (grande pilantra que é) casa-se com a mulher dele, tornando-a a sua segunda mulher.

Ah ganda HOMEM!!
Disse uma vez que entre conhecer Einstein ou a Marilyn Monroe, que prefiria conhecer Monroe...
(temos homem!!!)

O que me espanta é que ele é um dos maiores crânios do mundo. Ele é simplesmente o Einstein da actualidade, e ele encontra-se a 5 minutos de minha casa...

Do miúdo que cavalgava durante os seus tempos livres, ao estudante que fez parte da equipa de remo em Oxford veio a desenvolver-se uma doença que o colocou praticamente paralisado (movendo apenas a bochecha, a direita, não a esquerda) mas que nunca desligou o único órgão que o fez elaborar as mais complexas teorias quânticas. Alguém que tinha aos 21 anos apenas 3 anos de esperança de vida, e que afinal passou mais de 40 anos numa cadeira de rodas completamente dependente de terceiros e que ainda consegue atingir o seu génio é verdadeiramente um lutador.
E ali está ele, numa cama de hospital, a lutar pela vida...



É um exemplo de como se deve viver. O seu génio é simplesmente único, mas a sua vontade de viver é incomparável...
É o exemplo vivo de que não há limite para esta máquina orgânica quasi-perfeita chamada cérebro. Com a nossa mente podemos explorar os confins do Universo mesmo estando presos dentro do nosso próprio corpo...
Com esta máquina oleada e limada pela Evolução podemos andar na Lua, podemos compor as mais belas sinfonias, podemos escrever os mais belos poemas e podemos ainda delinear as mais complexas equações...


Aos 21 anos já com os primeiros sintomas

Quando questionado por alguém acerca do que teria existido antes do Big Bang, Hawking retorquiu que a questão é insignificante dizendo que é a mesma coisa que perguntar:

"O que é que fica a norte do Pólo Norte?"

A certa altura também disse que as pessoas que acreditam que tudo está predestinado e que nós não podemos mudar o nosso destino, olham sempre antes de atravessar a estrada...



A primeira vez que mexe o corpo após 40 anos...

0 Comentarios: