quinta-feira, 21 de maio de 2009

Sócrates disse...



Já é bastante tarde mas no entanto devo dedicar um pequeno espaço e comentar, ou melhor, opinar sobre o que acho de José Sócrates.

Não tenho por hábito fazer comentários políticos porque não estou dentro do assunto e como bom português acho que eles são todos uns aldrabões e gatunos.
No entanto, para quem está "de fora" do país e tem apenas acesso a notícias nos jornais virtuais, começo a criar uma imagem do que o Sócrates representa aí em Portugal.

Deixem-me ver se acerto mais ou menos na coisa:

- Não fez crescer o país em termos económicos
- Aumentou o desemprego
- Aumentou o défice
- Criou injustiças com os professores
- Encerrou maternidades e centros de saúde
- Não é Engenheiro mas sim uma outra coisa qualquer que ninguém sabe
- Proibiu fumar-se dentro dos estabelecimentos
- Criou uma ASAE de natureza "Nazi"
- É gatuno porque tem um primo ou cunhado ou tio que teve envolvido com ele no caso Freeport
- Tem guerra aberta com a TVI
- É culpado pelo Holocausto da Segunda Guerra Mundial

Ora bem, meus amigos.

Para quem lê o meu blog com frequência, sabe dizer que eu tenho um pequeno ódio (vamos chamar-lhe ódio visceral) pelo Dr. (?) Santana Lopes, anterior Primeiro-Ministro.
Agora, por coincidência, só posso comparar as políticas do Sócrates com o Governo anterior (Santana Lopes) para ver se ele melhorou o estado do País ou apenas piorou.

Comecemos pelo Desemprego.
Sócrates terá dito que iria criar 150 mil empregos nos 4 anos de governo. É facto que em Agosto de 2008, Teixeira dos Santos (ministro das Finanças) terá registado a criação de 133 mil e 700 novos empregos. Apenas 16.300 mil da meta proposta. Agora, com a crise (que teve início por volta de Setembro) a coisa pode estar diferente, mas lembro-vos que aqui no Reino Unido, o desemprego em Março de 2009 cresceu para os 7,1% registando 2,2 MILHÕES de desempregados. Algo nunca visto desde 1981.
Relembro também que no último trimestre do governo de Santana Lopes o desemprego atingia o número de 550 mil desempregados.

Crescimento Económico:
Sócrates, mais uma vez, conseguiu ter uma subida da economia, em Maio de 2006, como a "subida mais acentuada desde Setembro de 2000". Em Agosto de 2008, antes de toda a crise mundial, o crescimento em Portugal registou uma subida de 0,4% e a inflação desceu 0,2%. Portugal teve uma das inflações mais baixas da média europeia (a segunda mais baixa). Lembro-me de ver a actual líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, a vender património nacional para ver se fazia algum dinheiro enquanto estava no Governo de Durão Barroso.

Aumentou o défice:
Lembro-me de Santana Lopes nos debates para a eleição do actual governo a dizer aos portugueses que já podiam "desapertar o cinto" porque o País estava em bom rumo com um défice abaixo do tecto imposto pela UE, dos 3%. Quando Sócrates realmente revelou o verdadeiro défice, eu fiquei parvo, ao constatar que estava acima dos 6,8%. É mais que sabido que Sócrates conseguiu fazer descer o défice abaixo do limite imposto. Tudo em menos de 4 anos.
Já sei o que estão a dizer: "ai, mas fechou maternidades e despediu professores e mais não sei quê". Mas como podem ver acima, o desemprego até Agosto de 2008 desceu, a inflação desceu, deu-se um crescimento económico (pequeno, mas real) e sim, concordo que para atingir metas impossíveis (de 6,8% para menos de 3%) são precisos meios impossíveis. Mas a merda já vem de trás, desde altura do Cavaco, passando pelo Guterres e continuando pela dupla Barroso/Santana (+ Paulo Portas).
Devo confessar que o que para mim prejudica bastante o país é a Função Pública. Essa máquina sem óleo que atrasa o país. Por exemplo, uma coisa que Sócrates fez bem foi fazer com que o progresso na carreira viesse do mérito do empregado e não à sua longevidade. Se tem mérito, sobe. Senão vai fora. Mas mesmo assim há incompetência por esses balcões e serviços públicos...Não me alongo mais neste tema...por agora...



O Ensino:
Cá estamos nós no tema que arrasta milhares de professores para a rua. Eu tive bons e maus professores, como creio que todos tivemos. Eu tive que aguentar os bons e os maus.
Se concordo com exames aos professores. Claro! Sempre!
Se acho se os actuais exames são justos ou não? Não sei porque não os vi e por isso não opino sobre eles. Mas conheço alguns professores injustiçados e têm razão. Eu dou-lhes todo o meu apoio. Mas não esperem a Manuela Ferreira Leite em vir mudar isso...No tempo do PSD do Durão Barroso, o Ministério da Educação teve um trabalho incompetente onde nenhuma reforma fez, apenas exames nacionais gratuitos desencadeando uma forte contestação dos professores, dos alunos e dos sindicatos que conduziu à maior taxa de deserção escolar conhecida em Portugal desde o 25 de Abril. Sócrates inverteu isso ao reduzir para metade a taxa de insucesso e abandono escolar. Volto a repetir que depois de 150 mil professores saírem à rua em protesto, a verdade é que se reduziu para metade a taxa de INSUCESSO e abandono escolar.

O encerramento das maternidades:
Isto é fácil. Um maternidade que tem 3 partos por ano não justifica estar aberta. Custa ouvir mas é verdade. O mesmo se aplica com as Urgências ou Centros de Saúde que não recebem gente suficiente ou que estão lá metidas no meio da Serra. Eu conheço mais ou menos Trás-os-Montes e o que vejo quando vou de carro é casas espalhadas pela serra. Umas lá, outras ali, outras mais acolá e uma mais lá em cima ou isolada das outras. E os portugueses, comodistas como somos, queremos uma Escola, Esquadra de Polícia e um Centro de Saúde à frente de nossa casa. Não dá meus amigos....não dá mesmo...

Sócrates não é Engenheiro.
Minha nossa. Parem tudo! Não acredito que o nosso ministro não seja licenciado em Engenharia.
Se querem saber a verdade, tou-me pouco cagando se ele é ou não licenciado. Por mim bem podia ter um doutoramento em "como descascar tremoços e beber cerveja", que era igual. O que importa são os factos. Em Agosto de 2008 o desemprego desce, a inflação desce, há crescimento económico, o défice está abaixo do limite imposto e diminui-se o abandono e insucesso escolar. E ainda reúne os líderes dos maiores países europeus assinar o Tratado de Lisboa. Tratado este que todo o tuga se opõe sem saber exactamente o que significa. É giro ver os noticiários a fazerem referência ao descuido de Sócrates e apanharem a célebre frase "Porreiro, pá!" mas esquecerem-se de informar (porque é seu dever) os espectadores o porquê da célebre frase. Porque tinham acabado de formalizar o Tratado de Lisboa. Uma missão falhada anteriormente por outros líderes europeus...
Com o Dr. Santana Lopes que é licenciado (apenas licenciado e sem doutoramento ou mestrado) em Direito apenas digo que o défice estava nos 6,8% em 2005 (o curso de Direito não tem matemática). Este hábito nojento que nós, portugueses temos de tratar qualquer merda por "Doutor" é realmente irritante. Gosto quando alguém se apresenta como "Dr. Pedro" quando no fundo eu só queria saber o nome. Por vezes dá-me vontade de dizer: "Mas «Doutor» foi a sua mãe que escolheu ou você mudou de nome por conveniência?". Qualquer trampa hoje em dia que tenha passado uma semana a estudar já se quer considerar como doutor. E nós em Portugal gostamos é de nos curvar e ouvir as palavras sábias dos ditos "Doutores".

Proibiu fumar-se nos estabelecimentos. O que ele implementou já a Itália (país mega über corrupto) tinha implementado e já a Irlanda e EUA (como tantos outros "países evoluídos") o tinham feito há "milhares de anos". A ASAE existe para defender o interesse do CLIENTE que somos nós. Se apreende DVDs piratas é porque nós, portugueses e mestres em esquemas e em gastar o menos possível para ter o melhor produto, nos habituámos à mama. Eu incluo-me nesse lote! Se fecha bares e discotecas e estabelecimentos porque não têm condições, então acho muito bem. Lembrem-se que num estudo feito aos amendoins que se servem livremente num bar, detectaram-se mais de 27 tipos de urina diferentes...

O caso Freeport. Não o percebo, já tentei ler mas continuo a ser burro e a não querer entender porque creio que lá pelo meio enfiam o Sócrates à força. Mas não vou opinar sobre isso. Lembro-vos do caso dos Carvalhos que o Governo de Santana queria abater para meter lá trampa comercial. Lembro-vos que o irmão do Santana administrava uma sociedade imobiliária ligada misteriosamente ao BPN. Banco famoso neste momento...Lembro-vos que o Santana faltou a uma reunião de ministros para ir ver a Moda Lisboa na altura em que era Primeiro-Ministro...Lembro-vos de dois navios de guerra que foram rodear o "Barco do Aborto" em águas internacionais porque o aborto era ilegal. Navios de guerra da Marinha, com canhões e tudo apontados....Chamou o raio do exército para fazer frente a um pequeno barquito que lá tava ali a flutuar em águas internacionais... É o que o português gosta de fazer. Mostrar que tem brutais navios, mesmo que a economia esteja uma trampa e a gente não tenha dinheiro para comprar a gasolina para o navio. É o típico português. Ter brutal telemóvel ou um carrão, mas depois andar descalço ou comer espinhas durante uma semana. O exibicionismo é pilar na nossa cultura catano!

Admito que Sócrates não é perfeito. Teve medidas exageradas. Medidas que não concordo. Medidas que relembram um pouco uma ditatura, com censura, etc. Mas é preciso filtrar as informações que nos chegam dos telejornais, dos jornais, das revistas, etc. Lembrem-se que as boas notícias não vendem tanto como as más. Acusar o governo de censura coloca o espectador ali à espera para ver mais. Abrir guerra com o Primeiro-Ministro garante fiéis para assistir aos danos colaterais. Filmar os protestos ou uma lágrima vende mais do que um aplauso por uma boa iniciativa. Filmar o povo aos berros por terem fechado uma maternidade vende mais do que uma crítica positiva no Jornal Le Monde (Internacional) ao Governo de Sócrates.

Quando forem votar, informem-se. Não vão na onda de dizer que quem está no Governo é corrupto sem saber sequer qual o partido e a pessoa que se encontra à frente do Governo. Sem saber que medidas erradas é que implementou. Não vão pelas anedotas e clichés fáceis. Lembrem-se que as anedotas que ouvem hoje, podiam ser ouvidas há 6 anos atrás mudando apenas o nome do Primeiro-Ministro e vão poder ser repetidas daqui a 3 anos.

Abomino o PSD. Não suporto os novos-riquinhos ("wannabe" será melhor aplicado) e a classe snobista. Tudo o que é PSD trasanda a hipócrisia, ao falso rico, aos falsos valores, às senhoras a gritarem pelo NÃO ao aborto e a fazerem abortos nas clínicas de Espanha, aqueles que têm "empresas" e que apoiam o PSD porque sabem que vão ganhar dinheiro com eles, ao pequeno otário, ignorante, do interior que apoia o PSD porque julga que partilham os mesmo valores quando no fundo eles (PSD) tão-se pouco cagando sobre os interesses do Zé-ninguém da vila. Nem sequer falo do CDS-PP. Esses só com pedras é que vão ao sítio.

Tirem o pessimismo da cara e não pensem que o País está afundar-se mais. Esta inclinação para o pessimismo faz-me ter vergonha de ser português. Quando pergunto às pessoas como é que corre a vida, respondem-me sempre "podia ser melhor" ou "já teve melhores dias" e não importa se estiver a chover moedas de ouro que vão sempre meter umas trombas como se o mundo fosse acabar e a culpa fosse de Portugal. Talvez faça parte da natureza humana...este pessimismo...

As pessoas em Portugal seguem-se umas às outras. Parece que não temos vontade própria. Informem-se. E fiquem já a saber que o próximo governo também vai ser corrupto. Aqui, o Presidente da Câmara dos Comuns (Speaker) no Parlamento demitiu-se hoje, algo que não se sucedia há mais de 300 anos. Demitiu-se porque viu a corrupção de algumas centenas de MP (deputados) aqui no Parlamento inglês. Por isso, corrupção há em todo o lado e Itália parece não ter vergonha dela e mostra ao resto do mundo como se faz e tudo...

Devo dizer novamente que é muito tarde e não estou nas melhores condições... Para aqueles ofendidos, volto a dizer que expressei a minha opinião (talvez não da melhor maneira e com erros) e tentei exprimir a minha aversão a certos temas e atitudes que os portugueses têm no geral. E eu incluo-me no lote com todo o orgulho e tristeza.

Devo finalizar com afirmação de que não sou do PS.


Cordialmente,

Eu


9 Comentarios:

Tiago disse...

Ora vamos por exclusões de partes:

O Bastos Lopes Alves não pode ser de extrema-direita, pois tem mais cabelo do que eu, não usa tatuagens, ouve RW como eu e os radicais nunca são do Sporting!

O BLA nunca poderia ser comuna, porque comuna é do POVO, do povo teria que ser do GLORIOSO, teria que andar mal vestido e andar com tochas na rua para fazer malabarismo (e os unicos malabarismos que lhe reconheço são a arte da magia, moonwalk e de PATIFE)
Ele bem tenta colocar o fundo do BLOG como vermelho, mas... não se ILUDAM! Ah e comuna di que gosta de partilhar (apesar do "camarada" Carvalhas até ser um dos homens mais ricos do nosso país, mas isso agora não é para aqui chamdado) e a unica coisa que o BLA gosta de partilhar é a INVEJA de estar no bem bom! :p

Só resta um partido o BE!

Confessoa que admiro o Louçã, também deve ser um corrupotizto mas daqueles comestíveis. Tem a Ana Drago apesar do BLA ser completamente apaixonado pela Alda Macedo (http://beparlamento.esquerda.net/index.php?option=com_content&task=view&id=13&Itemid=27) e de salutar que um dos sonhos dele é poder ir ao drinks e pedir um batido de morango com sabor a cannabis! :p

Devo finalizar com afirmação de que não sou nem de direita nem da esquerda. Usando as palavras do nosso grande MESTRE Herman: "teriam de inventar um partido que juntasse o atrevimento do BE, a hoenstidade do PCP, a vivacidade do PS, a competência do PSD e a picardia do PP".

Cordialmente,

Tiago Camilo

P.S. - BLA, nessa foto parece que tiveste a comer azeitonas pretas e que ficou uma niiiquiiinha entre as favolas! :p

MariaBolaxa disse...

Assino por baixo, Dr. João! eheh!

Maria

johnnie walker disse...

Oh meu caro colega Tiago,

Devo primeiro mostrar essa grande análise científico-política acerca do meu perfil político.

É de salutar a originalidade, numa altura em que parece que as piadas são sempre as mesmas e os cómicos insossos.

O Bloco de Esquerda é um bom partido porque sabe criar oposição ao Governo. E não é do tipo de oposição que a maioria faz que é do tipo "somos contra qualquer medida do Governo, ainda mesmo sem saber qual é a medida, somos contra!". O BE sabe intervir embora tenha algumas posições que não concorde.

Sobre a corrupção dos políticos, vou escrever qualquer coisa sobre isso.

Um Abraço (camarada) Tiago

e um beijão para as Holandas para a Dona (Dr.) Maria Bolaxa

Tiago disse...

COLEGA E CAMARADA João!!! Se calhar este ano até vamos colocar a cruzinha no mesmo sítio... :p

johnnie walker disse...

No Partido Nacional Renovador?
Bota catano.
Eu tou sempre apto para espancar pretalhada...

Elisabete disse...

Clap clap clap...

johnnie walker disse...

Muito agradecido, cara Elisabete.

JB disse...

...que mais dizer?...

...já é tardíssimo e amanhã tenho que ir ganhar os míseros centavos que um gajo pode ganhar neste país (e sim, estou a lamentar-me como um bom tuga!!), mas tenho que deixar aqui a minha expressão de agradecimento por ter um sobrinho que consegue reflectir inteligentemente sobre as condições politicas deste Pais, que tem tudo de bom, excepto a tendência miserabilista que os nossos concidadãos têm para considerar que estão sempre a ser enrabados pelos outros…

nada de espantar quando se têm um universo populacional tão iletrado…

…Excelente texto, bom pensamento, acho que o vou mandar via e-mail para os deputados da Assembleia da Republica…que achas?? Naaaa to a brincar pá!!... no entanto, acho que muita boa gente devia ler esta longa dissertação, para ver se aprendem a pensar pelas suas cabeças…

…Continua a escrever a altas horas da noite, porque é nessas alturas que saem os melhores pensamentos, falo por mim.

João Bastos

johnnie walker disse...

e mai nada...