segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Voluntários? Não, obrigado...



Tenho intenções de fazer um voluntariado.

Por diversas razões:

1 - Fui abençoado com uma vontade imensa de ajudar as criancinhas e os velhinhos;

2 - Fica bonito no CV.

Bom. Visto isto, coloquei-me em acção e fui procurar activamente por um voluntariado. A primeira Instituição que decido recorrer é o Hospital de Aveiro.

Foi quando eu vi que em Portugal faz-se mesmo muito. É que nós não nos limitamos a ser os piores da Europa. Não, não!
Aqui nós fazemos um ESFORÇO para sermos os piores. Como se alguém nos fosse dar uma medalha pela trampa que fazemos.

Senão vejamos.

Quando me dirijo ao Hospital, procuro pelo local onde possa recolher informações acerca de voluntariado. Dirijo-me ao balcão de informações que me dirige ao gabinete de recursos humanos. Aqui uma jovem menina dá-me um impresso para preencher com os meus dados pessoais e diz-me para dirigir ao gabinete de voluntariado.

Pois bem. Assim o fiz.
Quando lá chego, vejo que a porta está fechada. Como eram 13h, pensei que estivessem para almoçar e decido assim regressar às 15h. Para meu espanto, bato novamente com o nariz na porta.

Decido assim perguntar à jovem menina dos recursos humanos o que é que se passava, quando ela me diz que o Gabinete de Voluntariado encontra-se FECHADO durante o mês de Agosto. A cabra esqueceu-se de me dizer isto quando me deu o impresso para preencher.

Sim, FECHADO durante Agosto.

Quem está a receber os impressos é a senhora que tá no balcão a receber os cartões de visita. E ela própria disse-me que não sabia muito bem o que fazer com o impresso depois.

E eu fico a pensar...
No mês onde os estudantes e até trabalhadores TIRAM FÉRIAS e têm assim TEMPO e DISPONIBILIDADE para fazerem um voluntariado, é o mês em que o Gabinete de Voluntariado encontra-se fechado.

No mês em que os médicos, enfermeiros e staff auxiliar tiram férias é o mês onde precisam de "uma mãozinha extra". E não é que é exactamente esse mês em que o Hospital RECUSA-SE a receber voluntários?!

Quando vejo enfermeiros e médicos a fazerem greve a pedirem melhorias em horários e assim, pensem agora no ESFORÇO que fazemos para NÃO andarmos com o País para a frente. E a culpa é do Governo? Epah, a culpa é do anormal que decide fechar o gabinete. Certamente o Ministério da Saúde não emitiu uma ordem para fecharem o gabinete.

Eu a pensar (ingenuamente, claro) que fazer voluntariado era das coisas mais simples de se arranjar e é quando bato com o nariz na porta porque ao que parece, os responsáveis por receber voluntários para o Hospital (numa altura crítica de falta de staff) decidem fechar as portas.

Estas ideias não me ocorreriam nunca. É preciso elaboração neste ESFORÇO para fazermos trampa. É preciso ter gente fechada numa cave escura e húmida em roda de uma mesa a planearem o que fazer para tornarmos a merda ainda mais merdosa.

É preciso coragem para termos vergonha na cara e negarmos ajuda preciosa e vital numa altura em que se ajusta a toda a gente. Os estudantes tiram férias e têm tempo para o voluntariado, colmatando assim a falta de staff técnico e auxiliar que tiram férias com as respectivas famílias...

É simplesmente vergonhoso.


1 Comentarios:

JB disse...

...O teu grande erro foi não te teres voluntariado para o Gabinete de Voluntariado em Julho passado...

...se tivesses feito isso, este post seria desnecessário...
...tinhas te voluntariado em Agosto para o Hospital de Aveiro e entregavas a ti próprio a ficha de inscrição, uma vez que estavas como voluntário no Gabinete de Voluntariado e este não estava fechado em Agosto...
...o problema seria de simples resolução...
...mas vendo bem as coisas, talvez seja melhor deixar essas decisões difíceis para a classe gestora nacional. Por alguma razão ganham em média até (ou mais!) 400% acima do salário médio nacional...é para tomarem esse tipo de decisões.