quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Chamou o canalizador...




"Por isso, o Presidente ouviu hoje entidades com responsabilidades na área da segurança e ficou a saber que o sistema informático da Presidência da República tem 'vulnerabilidades"

- Presidente da República
29-Set-2009

Pois é.
Para além de ter esperado demasiado tempo para falar ao País - ainda fala mal. Para além de ter esperado demasiado tempo para averiguar a segurança do seu sistema interno - nem sequer falou com as pessoas correctas.

Aparentemente o Presidente deve ter chamado aquele familiar que todos temos, que percebe assim um bocado de computadores, para ir lá a casa ver o computador dele lá no escritório dele. Ou deve ter chamado o canalizador ou assim, porque aparentemente a malta oficial que percebe mesmo daquilo, não foi chamada.


"O Conselho de Fiscalização do Sistema de Informação da República Portuguesa (SIRP) garantiu hoje que não foi uma das entidades contactadas pelo Presidente da República a propósito da segurança dos computadores e e-mails do Palácio de Belém."

- in Público
29-Set-2009


Talvez ele diga brevemente (daqui a meses) quem é que realmente ele chamou lá a Belém...

1 Comentarios:

Anónimo disse...

Depois de ler o teu artigo concordo e não tenho dúvidas de que o Presidente da República saiu fragilizado de toda esta história das "escutas",de que valha a verdade,ele nunca falou.
Mas o mais importante é saber por que razão o Presidente foi atacado como foi e de modo como foi?
Bom é minha convicção que um dia ,não muito distante ,saberemos tudo!




Pikaxouriços.