quinta-feira, 10 de setembro de 2009

TVI : 0 - 1 : Paz Mundial



O caso Manuela Moura Guedes faz-me lembrar aquele velho provérbio do povo que diz:

"A Manuela Moura Guedes mete nojo."

(o provérbio é um bocadinho antigo)

Seja como for, a mulher e a redacção causaram uma tempestade no dia 4 de Setembro. Isto porque o seu Jornal Nacional de Sexta-feira foi suspenso. Alegadamente a Prisa, a empresa com sede em Espanha, que detêm o controlo da TVI suspendeu o bloco noticiário "por razões económicas, em consequência de uma reestruturação em curso" e assim o escândalo estava lançado.

Foram logo lançadas as suspeitas e culpas para o Partido Socialista. Isto porque José Sócrates desde cedo tornou público o seu pequeno ódio pelo noticiário e pelo tipo de jornalismo que ali se praticava onde tentavam meter o Sócrates à força toda no meio do caso Freeport. Até agora já ouvi que o primo, ou tio, ou cunhado ou ainda o irmão da empregada de limpeza do prédio já foram considerados suspeitos. Todos menos o Sócrates.

Bom, não me vou alongar no caso TVI pela sua óbvia simplicidade. Vou apenas referir dois pontos fundamentais:

1 - O único partido que saiu prejudicado foi exactamente o PS. A imagem de Sócrates sofreu uma queda na confiança de voto. Assim sendo creio que é óbvio ver que o PS seria mesmo muito estúpido em pressionar a Prisa (empresa espanhola que nem sequer cede a pressões do Zapatero, quanto mais do Sócrates) e cancelar assim o noticiário a 23 dias das Eleições Legislativas . Assim sendo, temos que ver a quem é que isto beneficiou. Quem é que poderia tirar proveito disto? hmm...

2 - Nesse mesmo dia de cancelamento e demissão de Manuela Moura Guedes & amigos, a Impresa viu subir as suas acções em 10,32%. A Impresa é a empresa liderada por Pinto Balsemão. Este caro senhor também fundou um partido qualquer que não me recordo agora...hmm...

Já agora acrescento que o PS pediu imediatamente que fossem publicadas as novas notícias que aparentemente o Jornal de Notícias iria apresentar caso não tivesse sido cancelado.

A Prisa fez apenas um favor a Portugal.

Se Sócrates não gostava do tipo de jornalismo praticado na TVI (especialmente à Sexta-feira), eu tenho que concordar e assim o fiz quando escrevi este post em Maio. E eu não estava sozinho na minha opinão acerca do esterco que Manuela Moura Guedes fazia na TVI. O Bastonário da Ordem dos Advogados também parece concordar.


0 Comentarios: