domingo, 29 de novembro de 2009

Law Abiding Citizen...

Promete....

...promete mesmo muito...


Leia Mais…

Photo VIII

Estas duas últimas semanas têm sido o pesadelo mais bonito que já tive...
Depois explico...

Entretanto deixo-vos com uma foto memorável que diz tudo sobre este ser humano que viveu a vida (e ainda vive) nos limites máximos.
Prometo escrever algo mais aprofundado sobre ele brevemente...




"Só uso Viagra quando estou com mais do que uma mulher..."

Jack Nicholson

Leia Mais…

Enigma 5

Foi aqui colocado há uns dias atrás um enigma pela talentosa Tete que ninguém foi ainda capaz de responder...

Também o podem ver no seu blog aqui.

Vamos lá minha gente...Será que eu tenho que dar a resposta?

Um grupo de monges vivem num mosteiro seguindo um rigoroso voto de silêncio. Durante o dia oram sem se encontrarem uns com os outros, sendo a hora do jantar o único momento de "convívio". Num domingo, enquanto todos jantavam na mesa redonda, o mais velho dos monges levantou-se e, quebrando o voto, anuncia:

"Meus irmãos, uma grave doença contagiosa encontra-se entre nós. O único sintoma físico desta doença é uma pinta que surge no meio da testa. Peço então, por favor, aos monges que se encontrarem doentes que abandonem o mosteiro.".

Tendo em consideração que:
- este foi o único momento em que o voto de silêncio foi quebrado (e os monges não comunicam entre eles por gostos ou sinais);
- no mosteiro não existem superfícies reflectoras onde os monges se possam observar;
- os monges doentes saíram todos na terça-feira após o jantar.

A pergunta é...quantos monges saíram?


Leia Mais…

Photo VII



GPS

Leia Mais…

Dilemas...

Vou iniciar aqui uma outra rubrica.

Dilemas...

Começo com um dilema bastante famoso denominado: Dilema do Prisioneiro.

Este dilema conta o seguinte:

Dois suspeitos são presos pela policia. A policia não tem provas suficientes para uma condenação, e , tendo separado ambos os prisioneiros, visita cada um deles para oferecer o mesmo acordo. Se um testemunha acusando o outro (traidor) e o outro mantêm-se em silêncio (cooperador), então o traidor sai em liberdade e o cúmplice recebe uma pena de 10 anos. Se ambos se mantêm em silêncio, então ambos apanham 6 meses de cadeia. Se cada um trai o outro, então ambos recebem 5 anos de cadeia. Cada prisioneiro tem que escolher entre trair o companheiro ou manter o silêncio. Cada um sabe que o companheiro nunca saberá da traição antes da condenação final.

Como é que cada prisioneiro deve agir?



Leia Mais…

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

GENITALIA!!!

Apenas tinha que partilhar isto com vocês...


Leia Mais…

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Os clones...




(com som)

Leia Mais…

terça-feira, 24 de novembro de 2009

O que fazer quando se está à toa...

Acabo de receber um email de uma amiga minha e que diz o seguinte:

O que fazer quando estás à toa no trabalho...

1. Mata umas moscas, mas com cuidado.
2. Deixa ao sol por 1 hora até secar.
3. Recolhe as moscas,

...pega num lápis e papel...

Deixa a imaginação fluir.


















Leia Mais…

domingo, 22 de novembro de 2009

Truque tecnológico...




(com som)

Leia Mais…

Aries Spears...

Encontrei este vídeo no Youtube do meu amigo Tiago (que acabou de estrear um belo blog lá do outro lado do oceano).

O protagonista, Aries Spears, é um actor de comédia que neste vídeo consegue imitar na perfeição os 4 grandes artistas do hip-hop da música americana: LL cool J; Snoop Dogg; DMX e o grande Jay Z.

Para o público que sabe o que é que estou a falar, vão adorar as maravilhosas cordas vocais deste homem.




Para acrescentar um outro vídeo que me fez chorar de tanto rir, coloco aqui um grande pedaço cómico de Spears...


Leia Mais…

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Vídeo Raríssimo

Encontrei este vídeo raríssimo de Michael Jackson...
Escutem com atenção a esta pérola...


Leia Mais…

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Muito ouro em poucas mãos...

Creio que há coisas que ultrapassam o limite do bom-senso.
Mas depois penso: "Será que não faria o mesmo se tivesse bastante dinheiro?"

A resposta é: "Não. Não faria. Há coisas incrivelmente melhores do que gastar uma fortuna e ter um BMW X6 de ouro."

É o contraste entre poucos terem muito...e muitos terem muito pouco...






Leia Mais…

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

86 velas...



Já contamos com 86 velas.

(e muitas mais virão...)

Leia Mais…

domingo, 15 de novembro de 2009

Jel...

Para mim, o melhor do Jel.
Épico e memorável.

Leia Mais…

Enigma 4

Este enigma até tem direito a um desenho meu e tudo!

Temos 3 lâmpadas no sótão. Lâmpada 1, 2 e 3.
E temos 3 interruptores na cave. Interruptor A, B e C.

Cada interruptor liga uma e uma lâmpada no sótão.
Não sabemos qual interruptor liga qual lâmpada.

Agora vamos imaginar que estamos na cave, em frente aos interruptores e queremos saber qual o interruptor que liga tal lâmpada apenas podendo ir uma só vez ao sótão para confirmar no fim e mais nada.

Como é que em apenas uma jogada podemos saber qual o interruptor que liga tal lâmpada?


Leia Mais…

Photo VI


Leia Mais…

Maisis...



Só uma nota muito rápida...

Já alguém ouviu falar de uma tal Maisis?
Se não, então voltem para as vossas grutas.

A grande Maisis está entre as 200 empresas de informática mais poderosas de Portugal.
O Ranking Geral aqui.

Agora vocês (os ignorantes que não sabiam da existência da Maisis) perguntam:

"Mas oh maravilhoso John Holmes português, diz lá porque é que falas na Maisis, aqui neste teu grande e fantástico blog."

Ora bem, a Maisis é uma empresa que teve o toque de um familiar meu. Sem esse toque de Midas, a Maisis nunca estaria entre as 200 melhores de Portugal.

Lá está.
Tudo o que é orgânico e tem nas veias a correr uma percentagem (por muito pequena que seja) do meu sangue, só pode fazer coisas fantásticas. E isto não é verídico, é mesmo verdade...

(Querida Bé, espero pela minha comissão publicitária dentro de um envelope com a mensagem "Feliz Natal")

Leia Mais…

Oscars Anfitriões...

Os Oscars são um evento que tento não perder. Os motivos são óbvios.
Foi então que vi já há algum tempo atrás que este ano os Oscars serão apresentados por duas pessoas:


Steve Martin


Alec Baldwin

E achei estranho.
Isto porque embora o Steve Martin já tivesse sido por várias vezes o apresentador, incluir um "estranho" como Alec Baldwin fosse uma jogada arriscada.

Só mais tarde vi isto:



Mas jogadas publicitárias à parte, todos em Hollywood queriam novamente Jon Stewart para anfitrião da gala, mas agora que Obama está na Sala Oval, não há tanto material cómico...

Leia Mais…

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Um ano em 3 minutos...

Este foi sem dúvida o vídeo que mais trabalho me deu.
Mas valeu a pena.

Coloquem auscultadores porque isto tem som.
Foi um ano com vocês desse lado...

Leia Mais…

Feliz Aniversário...



Hoje devia ser feriado.
A razão?

Este querido blog, que vós todos amam e necessitam para viver, faz hoje, dia 9 de Novembro de 2009, um ano de vida.

Tenho que celebrar este aniversário de um modo mais adequado, por isso irei mais tarde editar os posts acima...

Foi exactamente há cerca de 8760 horas que este blog viu a luz do dia...
Ainda se lembram do post de abertura? É que agora estou a caminhar na praia das Canárias...

São mais de 525600 minutos a respirar posts, artigos, filmes, fotos e muito mais.
Tudo para vocês...

Agradeço a grande companhia desse lado.
Isto sem vocês não tem piada...

Leia Mais…

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

2 posts de Outubro...

Foram publicados agora dois posts que pertencem ainda ao mês de Outubro, satisfazendo o meu compromisso de colocar todos os meses um número de posts igual ao número de dias do mês em questão...

Os posts em causa são:

- A última dança...

- Maspalomas...

Vou tentar actualizar as coisas agora então...

Leia Mais…

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Photo V

Recebi este email hoje de uma amiga minha com a qual tenho marcado um café no dia 18 de Dezembro por volta das 18h ali no Fórum ou Latina.

Trata-se de um homem chamado Liu Bolin que se pinta a si próprio de acordo com o fundo onde é fotografado. Não há truques de imagem ou câmara.

Coloco aqui as melhores fotografias.












Leia Mais…

domingo, 1 de novembro de 2009

Halloween...

Ficam aqui algumas imagens feitas "amadoramente" para comemorar o Halloween.
Coisas estúpidas e parvas, mas nevertheless, divertidas...











Leia Mais…

Aquecimento Global...



Hoje li um grande post. Foi grande porque tinha muitas palavras e também porque foi bem escrito no sentido intelectual. Uma pequena revisão nesta coisa a que chamamos Aquecimento Global e como andamos todos loucos numa moda saudável mas sem pararmos para reflectir.

Porque as vezes o que é preciso, no meio de tanta informação, parar e ouvir aquele pequeno homenzinho dentro de nós que nos diz para raciocinar. Para usar o que a Natureza nos deu a mais que a todos os outros organismos: o cérebro.

Por isso, mais uma vez, no estaminé do meu tio JB, foram escritas palavras de raciocínio calmo e lógico que tenho o orgulho de as colocar aqui para quem esteja interessado...

---------------------------------------

Quando era puto achava que iria ser um eco-activista. Com o passar dos anos, comecei a ficar muito mais frio quanto ao sentimento de protecção do meio ambiente. Continuo a tê-lo, mas sou muito mais racional e cuidadoso com a informação que chega de todo o lado.

A verdade é que compreendi que as atitudes de protecção ecológica não são encaradas de uma forma real pela sociedade.

Tudo me parece como a imagem que tenho da sociedade americana: É puritana quanto a apregoar os bons costumes cristãos, mas as mesmas pessoas que os proclamam durante o dia, à noite vão para uma casa de strip ou de prostituição, perfeitamente legal…

E isto do aquecimento global é algo que me deixa muito apreensivo, não por o aquecimento não ser real, que é, mas pela moda de se ser a favor da redução de emissões sem se saber muito bem o que isso é realmente, e quais os métodos eficazes de reduzir as emissões Humanas. Algo que poderá ser contraproducente, como na história do Pedro e do Lobo…

Ultimamente até já surgiu uma expressão gira para definir o quanto cada um contribui para o aquecimento global: a nossa pegada ecológica...

É quase como criar na sociedade, diga-se, nas massas, o efeito de auto-comiseração, como se fossemos as gerações causadoras do fim do mundo. Como se os nossos antepassados caçadores recolectores e agricultores, não tivessem uma pegada do tamanho do bigfoot com a sua tecnologia do fogo e do gado…

Apesar da evidência clara do clima estar aquecer, já poderá não ser tão evidente que seja a Humanidade a causa directa de tal situação...

A realidade é que somos uma espécie muito arrogante, muito dona do seu nariz, egocêntrica e “detentora da verdade”. A religião cristã demonstrou-o durante séculos, com o dogma de sermos o centro do Universo...

Bom...

Acontece que, se calhar, tudo não passa de um ciclo natural, potenciado de certa forma, é certo, pelos comportamentos humanos.

Sabe-se hoje, que existem inúmeros factores de disrupção do sistema climático terrestre que, ao contrário do que muitos julgam, não é independente dos restantes sistemas terrestres.

A Terra por si só é um único e enorme sistema virtualmente fechado, (quase como aqueles aquários fechados de camarões... bem... quase), que obtêm energia directa, que eu me lembre agora, de quatro diferentes formas, que, por sua vez, actuam em conjunto no clima terrestre:

1. Radiação Solar (aquecimento e influências oceânicas, atmosféricas e biológicas)

2. Gravidade lunar (marés oceânicas e segundo o que se afirma agora, marés terrestres)

3. Rotação e translação terrestre (ventos, ciclo dia noite e estações climáticas anuais)

4. Decaimento radioactivo do núcleo terrestre; (vulcões, chaminés oceânicas, deriva continental, campo magnético da Terra)

Qualquer uma destas imprime cargas energéticas no sistema terrestre de uma forma cíclica e, digamos, quase constante ao longo de segundos, minutos, horas, dias, meses, anos e mesmo séculos…
As grandes variações energéticas deste sistema ocorrem em períodos temporais milenares e geológicos…

Quanto à massa do sistema, por força da gravidade terrestre, mantém-se praticamente inalterada.

A excepção? Catástrofes com emissões de energia e adicionamento de massa de origem espacial, i.e. super-novas, asteróides, choques interplanetários (origem da Lua).

E é exactamente por aí, pelo facto da Terra ser um sistema fechado sem variações de energia e massa (incluindo a biomassa) capazes de o alterar consideravelmente num curto espaço de tempo (centenas ou dezenas de anos), que me parece que este aquecimento global não pode ser considerado um acontecimento irreversível, nem propriamente um acontecimento...

...a 2ª Lei da Termodinâmica assim nos diz...

A meu ver, e à escala Humana, existe efectivamente uma alteração climática, apesar desta alteração apenas ter podido ser mensurável somente nos ultimos 150 anos com a origem dos registos precisos a partir do final do Séc. XIX (a palavra ‘precisos’ implica registos diários de várias variáveis climáticas, em múltiplos locais do planeta).

E como qualquer pessoa minimamente conhecedora do processo de análise de dados estatísticos sabe, quanto maior a amostra e as variáveis introduzidas, maior é a precisão dos resultados.

Como tal, em datas anteriores ao século XIX, e à medida que nos embrenhamos cada vez mais no passado, mais a precisão dos dados obtidos se torna rarefeita. Não é possível determinar, com base em registos geológicos (incluindo registos do gelo antigo), quais foram as alterações climáticas que ocorreram diáriamente, ou mesmo mensalmente, no decorrer de um período de 100 anos, há 50.000 anos atrás, com a mesma precisão com que as temos nos últimos 100 anos.

A análise climatérica do passado é desenhada apenas pelas evidências gerais das variações climáticas.

O facto de estarmos a tentar desenhar esse tipo de generalidade climatérica para o futuro, parece-me um grande exercicio de adivinhação. Neste momento, não julgo ser possível determinar concretamente o que se irá passar nos próximos 100 anos, simplesmente porque os dados que temos actualmente, por serem incrivelmente precisos, e estarem em constante actualização, demonstram o quanto o sitema climatérico é volátil a pequenas alterações dos grandes influenciadores energéticos acima descritos...


Quem nunca odiou o homem do tempo por ter dito que ia estar sol amanhã, quando afinal se apanha uma molha, que se atire a criar modelos climatéricos informatizados.


Como tal, qualquer modelo matemático aplicado às futuras alterações climáticas é, a meu ver, e de certa forma, desvirtuado pelos dados que são inseridos pelo programador, exactamente por serem dados momentâneos e extremamente mutáveis... e... por poderem ser objecto de falta de isenção, pelo facto do programador se encontrar embebido numa sociedade cada vez mais paranóica quanto ao aquecimento global.

Por outro lado, muitos modelos matemáticos, carecem das informações de novas variáveis que vão surgindo e vão sendo consideradas à medida que melhoramos os nossos conhecimentos.

Como tal, poderemos ter alterações climáticas futuras rápidas, como podemos apenas estar a vivenciar um cíclico climático de médio prazo, mas normal, como foi a pequena Idade do Gelo que ocorreu num período de 400 anos (~1250 a ~1650) e que, por sua vez, ocorreu após um período de aumento de temperatura média chamado Período de Aquecimento Medieval (~800 a ~1300).

A questão que eu coloco é a seguinte:

- Se transportássemos toda a nossa civilização moderna para essas eras, será que não teríamos a ilusão de sermos os causadores dessas variações climáticas?

É que, para mim, toda esta coisa de "alteração climática", que, concordo, está efectivamente a acontecer, e temos como prova o Verão de final de Outubro que estamos a vivenciar este ano (olhem para as árvores de folhas caducas, as folhas ainda lá estão!!); tudo isso, dizia, me parece muito mais o resultado de um ciclo natural, mesmo que ligeiramente potenciado pela sociedade Humana, do que propriamente sendo causa directa da actividade do Homem.

E parece-me demagógico, uma demagogia saudável é verdade, mas parece-me de uma demagogia demasiado alarmante, e de um Humanismo extremamente egocêntrico, a ideia que é o Homem o principal causador das alterações climáticas, quando sabemos hoje, que existem variáveis infinitamente mais influenciadoras dessas alterações, como são os ciclos solares, por exemplo.

Analiso, para acabar, apenas um pequeno pormenor dos muitos que poderia enunciar, e que me deixa convicto que tudo não passa de demagogia, saudável, repito, apesar de tudo:

A tal pegada ecológica, nomeadamente, a libertação para a atmosfera de CO2.

Todos estão cientes que o homem encontra-se a libertar anualmente, aquilo a que se já se chama de GigaToneladas de CO2... CO2 esse que faz parte do sistema terrestre, não vem do espaço.

E todos concordam em diminuir as emissões dos veículos automóveis, aliás, essa é uma das grandes bases de toda a política de diminuição de emissões de CO2...

É aqui entra o tal Humanismo Egocêntrico de que falava. Parece-me óbvio que ideia da diminuição das emissões dos veículos automóveis advém do facto desses veículos serem um produto exclusivamente Humano. Foram introduzidos no sistema pelo Homem.

Contudo, existem outras emissões de CO2, promovidas pelo Homem, que são incomparavelmente mais problemáticas que a dos carros, de que ninguém fala, e quando se fala, toda a gente se ri...

É o exemplo do: - Gado Bovino... já vos imagino a rirem-se que nem uns perdidos...

Acontece que ouvi, ou li, há uns tempos atrás, que as Nações Unidas, ao tomarem consciência do problema, tiraram conclusões alarmantes da gravidade do mesmo quanto às emissões de CO2 e quanto a dificuldade (muito maior que a dos carros) da sua resolução perante as consequências sociais associadas.

Fui investigar, e sem encontrar dados muito precisos, fiz eu umas contas simples de cabeça com base nos dados estatísticos que encontrei...

...sentem-se para não caírem:

- Existem actualmente no mundo ~800.000.000 veículos automóveis;
- Em média, (estatísticas nos EUA) cada veículo faz 30km diários;
- Em média, cada veículo de combustão interna, emite 170g/Km de Co2;
- Contas feitas, se não me engano, são emitidas diariamente por veiculos automóveis:

~4.080.000 Toneladas/Dia; ~4 GigaToneladas/Dia de CO2

No entanto...

- Cada vaca leiteira emite em média 6100L de CO2 por dia!!! Sem contar com CH4 (metano)!!!... (dados obtidos em 1993 numa produção animal do Canadá com uma análise de 24 horas sobre 24 horas em 118 animais com intervalos de 5 horas entre Junho e Novembro de 1993).

Para converter as medidas obtemos a densidade do CO2 gasoso = 1,98Kg/m3, o que resulta em ~12,00Kg/dia de CO2 emitido por cada vaca;
- Existem actualmente e em crescimento rápido... “According to the International Erosion Control Association, which tracks overgrazing, the world's cattle herd went from 720 million in 1950 to 1.53 billion in 2001.”
- 1,5 biliões de cabeças de gado bovino, isto em 2001!!!

- Contas feitas, e se não me enganei, são emitidas diariamente apenas pelo gado bovino:

~18.000.000Toneladas/Dia; ~ 18 GigaToneladas/Dia de CO2!!!!

Extrapolem isso para toda a biomassa do planeta e facilmente chegamos à conclusão que a nossa pegada ecológica poderá não ser assim tão dramática como se apregoa...

Digam-me agora... como posso eu reagir a leis como as que vão impôr para que os futuros carros que conduzirmos tenham de emitir menos uns 20g/Km de CO2?

Não vos parece tudo uma demagogia pegada? Não parece que é apenas uma adaptação governamental às modas dos tempos e apenas servem para atirar areia para os olhos de todos nós???

Acredito que a intenção de reduzirmos a nossa pegada ecológica é das melhores, e, sublinho, deve ser feita, mas que consequências sérias para climatologia planetária poderá ter???

Se o problema é grave, não seria mais importante o atacarmos de frente, e deixarmos as pontas para mais tarde??



Leia Mais…

Enigma(s) 3...



A minha nova rubrica dos Enigmas está a dar sucesso. Pelo menos entre um tal de Pikaxouriços e um outro Zézèmamoilas.

Estes dois campeões colocaram uma série de novos problemas interessantes aos quais eu não tenho tido tempo de pensar...No entanto, em sua honra, irei colocar aqui os 6 enigmas:

Quem quiser responder, sinta-se em casa...
Eu próprio irei pensar nas respostas e colocá-las na secção dos comentários.

Boa sorte!

1.
Um relógio adianta-se regularmente.Todos os 61 minutos os ponteiros se sobrepõem.
Quanto tempo se adianta o relógio numa hora?

2.
Num carro vão quatro romanos e um inglês. Como se chama a senhora que vai a guiar?

3.
Quando é que houve a maior cheia(àgua), na cidade do Porto?

4.
Só podes usar o algarismo 4 e este deve aparecer 4 vezes.
-escreve os números de 0 a 10.

5.
Dos alunos que vão à Gália- terra do Asterix- em viagem de finalistas: -8 já foram à Gália ,mas não conhecem o Asterix; -3 conhecem o Asterix, mas nunca foram á Galia; -ao todo 10 conhecem o Asterix; -ao todo 9 nunca foram á Galia. Quantos são os finalistas que vão à viagem?

6.
O sr. Vigário ao sair da Igreja viu um lavrador com dois cestos de laranjas. Depois de um cálculo rápido,lembrou-se de um precioso objecto que havia esquecido na sacristia.
Que objecto era?

Leia Mais…

A última dança...



No dia 28 de Outubro fui ver o "This is It".

O filme, como devem saber, é sobre os ensaios de Michael Jackson cerca de dias antes da sua morte.

Aparentemente o filme já rendeu mais de 101 milhões de dólares só num fim-de-semana. E já querem que seja nomeado para Oscar de Melhor Filme.

Para ser franco tenho que dizer desde já que o filme é um documentário e que não ficamos a saber nada de mais sobre Jackson. Vemos somente um cantor em ensaios para um concerto. Vemos os dançarinos e vemos os lambe-botas todos à volta de Michael a concordarem com cada palavra que ele diz. Se ele disser que está muito calor (embora esteja a nevar), então existe um staff completo a abrirem de imediato uma janela. Se ele disser que não quer mais, então apagam-se as luzes e vão todos para casa a cantar. Se ele quer uma sandes de courato, então 20 pessoas despacham-se arranjar uma. Embora não se veja Michael abusar nas mesquices, vê-se que ele tem ali toda a equipa a concordar com o que diz. E isso faz com que ele viva no seu mundo, na sua bolha onde tudo o que ele quer é possível.

E foi isso exactamente que o trouxe à ruína e miséria. Foi isso que o matou...
Ao ter constantemente, desde novo, pessoas à sua volta a realizarem os seus desejos, Michael Jackson viu-se num mundo aparentemente perfeito onde o que ele queria era de imediato concretizado. Daí advém o macaco de estimação (Bubles), um Zoológico em casa, um Parque Temático no seu quintal e dormir com criancinhas (sem actos mais malandros).

Mas é isto que acontece quando se é a pessoa mais famosa do planeta.



Era fundamental para Michael ter alguém ao seu lado que lhe dissesse um grande "NÃO" de vez em quando para lhe mostrar que existem fronteiras do "aceitável". Sem ter essa pessoa ao seu lado, Michael Jackson viu-se rodeado de pessoas que concordavam com as suas múltiplas plásticas que deram origem a sua cara disforme e alienígena. Sem essa pessoa para lhe meter a mão e impedir de tomar drogas, Jackson viu-se rodeado de pessoas que lhe facilitavam o acesso aos tranquilizantes que levaram à sua morte. No fundo, a culpa pela sua morte veio de si mesmo. Do limite extremo dos mimos que recebeu durante a vida toda...

Compreende-se ver nos ensaios a equipa toda a concordar com Michael. Ele é a galinha dos ovos de ouro. Ele é a razão pela qual aquela equipa técnica (som, montagem, coreografia, etc) e a promotora dos concertos, têm emprego. Sem ele todos eles estariam a fazer outra coisa...

Só para verem a dimensão. Michael Jackson já rendeu mais de 48 milhões de euros desde a sua morte. O homem tá morto, mas já rendeu mais do que eu vou ganhar durante a minha vida multiplicado por mil. É essa a grandeza. É por isso que foi mimado. Por isso é que teve lambe-botas à sua volta...


Ele é o Mito e sempre o foi. Mas no filme não se vê isso. No filme vê-se um Michael Jackson desconectado do mundo. Um Michael Jackson longe dos tempos áureos. Um bailarino perro e pregado ao chão. Pesado (embora extremamente magro) e nada flexível. A sua dança era extremamente estranha e embora se tratassem de ensaios (e nunca se dá 100% nos ensaios), aquele Michael Jackson é muito diferente do "meu" Michael Jackson. Eu vi um "velho" esquecido dançarino que por vezes tinha que recorrer ao Playback porque a voz não dava mais.

O Michael Jackson que eu queria ver era este:



Perfeito e magnífico. Sem margens para dúvidas que aquele ser humano nasceu com o dom da dança e criatividade artística.

No entanto viu-se o perfeccionismo que todos os artistas que trabalharam com ele, afirmavam sempre. Viu-se um Michael Jackson cuidadoso com a banda, cuidadoso com os bailarinos e constantemente à procura de perfeição no palco.


Teria sido um concerto memorável, mas pelo que vi no filme, tenho quase a certeza que me iria desapontar. Porque o Michael Jackson é isso mesmo. Perfeição e busca por algo inovador. Ele criou um ícone de entretenimento e nós, fans, temos a fasquia sempre no mais alto nível quando vemos uma performance dele. Por isso ele tem que dar o seu melhor SEMPRE. A sua dança tem que ser SEMPRE fantástica. E aos 50 anos, embora a mente queira, o corpo já não consegue responder. Mas a pressão, para dar o máximo em nome dos fans, está lá. A pressão para ser o Rei da Pop estava sempre na mente de Michael Jackson.

Eventualmente foi essa pressão que o matou...

Desde a morte de Michael Jackson que existiram dois momentos que me chocaram. Um foi quando mostraram o corpo de Jackson quando o estavam a transportar. Foi impressionante ver um ícone que arrastou milhões de pessoas, que conheceu outras tantas, que esteve com Presidentes, Reis e Príncipes, que tanto dinheiro gerou, ver reduzido esse ícone a um mero corpo humano ali como outro qualquer...



O outro momento foi quando no final do filme "This is It" a audiência que estava na sala de cinema dá uma ovação em pé à performance do Rei da Pop. Foram os últimos aplausos que Michael Jackson recebeu...



Leia Mais…

Maspalomas...

Ontem fui ao sul das Canárias...

Simplesmente divinal!

O sol está sempre, mas sempre a brilhar e não existe um única nuvem no céu. A temperatura nunca desce abaixo dos 30 graus e a areia é como farinha nas nossas mãos. O mar está morno e tranquilo e podemos estar lá horas.

Existem várias praias, mas ontem fomos para uma praia chamada Maspalomas que contêm umas dunas semelhantes às do deserto Sahara.

Aqui ficam algumas fotos porreiras...









Os dois italianos que nos acompanharam...










O bonito pôr-do-sol...

Leia Mais…