domingo, 29 de novembro de 2009

Enigma 5

Foi aqui colocado há uns dias atrás um enigma pela talentosa Tete que ninguém foi ainda capaz de responder...

Também o podem ver no seu blog aqui.

Vamos lá minha gente...Será que eu tenho que dar a resposta?

Um grupo de monges vivem num mosteiro seguindo um rigoroso voto de silêncio. Durante o dia oram sem se encontrarem uns com os outros, sendo a hora do jantar o único momento de "convívio". Num domingo, enquanto todos jantavam na mesa redonda, o mais velho dos monges levantou-se e, quebrando o voto, anuncia:

"Meus irmãos, uma grave doença contagiosa encontra-se entre nós. O único sintoma físico desta doença é uma pinta que surge no meio da testa. Peço então, por favor, aos monges que se encontrarem doentes que abandonem o mosteiro.".

Tendo em consideração que:
- este foi o único momento em que o voto de silêncio foi quebrado (e os monges não comunicam entre eles por gostos ou sinais);
- no mosteiro não existem superfícies reflectoras onde os monges se possam observar;
- os monges doentes saíram todos na terça-feira após o jantar.

A pergunta é...quantos monges saíram?


4 Comentarios:

Anónimo disse...

Sairam todos... ao rezar eles perguntaram a Deus... e ele respondeu :)

johnnie walker disse...

Eu acho que essa resposta não é a que procuramos...

Mas a tentativa é de aplaudir...

É certo que o Senhor lá em cima pode sempre resolver a coisa...

Tete disse...

Looooool, é uma bela resposta, sim senhor. Mas não é a correcta. =) Vá, Johnnie, tenta lá acertar na resposta. ;)

Romano Zattoni disse...

Bom.. a resposta é:

3 monges.

Por que?

No domingo quando o monge anunciou a doença se UM monge estivesse doente teria saido no mesmo dia pois olharia em volta e nao acharia nenhum outro com uma mancha na testa, já que ao menos um monge estava doente, este entao seria ele.

Se houvesse DOIS monges estes teriam deixado o mosteiro na segunda, pois, no domingo um monge doente veria outro com a mancha e nao sairia imediatamente pois há a chance de ele nao ter a doença, mas no outro dia se o monge que ele viu com a mancha nao tivesse saído ele deduziria que ele teria visto outro doente já que ele nao ve outro o único deve ser ele. já que monges sao inteligentes o outro pensou do mesmo jeito e sairam os dois na segunda.

na Terça Sairam TRÊS pois um monge doente no domingo veria dois monges com a mancha na testa e pensaria que eles iriam embora na segunda seguindo o raciocínio anterior, MAS já que ele os viu ainda na terça deduziu que eles teriam visto outro monge doente e já que ele nao via mais nenhum fora os outros dois deduziu que era ele. os outros monges pensaram da mesma maneira e entao os TRÊS saíram após o jantar de terça.

De fato o número de dias após o enunciado que os monges sairiam é igual ao número de monges doentes.

Muito bom esse enigma..Parabéns abraço!!!