terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O regresso a Cambridge...

Não sei se vos contei, mas quando o Marek foi às Canárias, eu tive que ir a Cambridge.

Pois é.

Foi o regresso breve à Universidade de Cambridge.
A diferença foi brutal.

Eu nas Canárias nem uso casaco e teve que ser o Marek a trazer-me um casaco grosso para eu ir preparado. Senão tinha saído do avião em Inglaterra e tinha-me convertido num bloco de gelo imediatamente...

Muito frio e muito escuro em Inglaterra são constantes.

Mas regressar a Cambridge (uma viagem de "negócios") soube bem.
Chegar aquela cidade é fantástico. Por ser pequena, já me é familiar. É a minha segunda casa, sem dúvida.

Além disso, nas Canárias viam-se árvores de Natal mas eu estava de calções e t-shirt. Não sabia a Natal por causa do clima. No entanto em Cambridge a coisa muda de figura.

É saboroso andar na rua agasalhado e ver os enfeites de Natal. Aí já faz sentido a época natalícia...

Regressar à velha casa, onde tudo se passou, foi demais. As saudades apertaram o coração e soube bem ver aquela casa novamente. Só que estava "vazia"...sem alma...sem o ritmo de outros tempos...

Mas esta foto diz tudo sobre a nossa mansão lá por Cambridge.



O importante aqui não sou eu (o que é raro). O importante aqui é o canto superior esquerdo. Aquilo representa o espírito estudantil da casa.

Brilhante...

0 Comentarios: