domingo, 17 de janeiro de 2010

Homem talentoso...

Como é sabido por esse mundo fora, eu sou uma pessoa fora do normal. Extraordinário seria um adjectivo correcto aplicar ao meu caso. Não no sentido daqueles gajos que têm 6 dedos numa mão ou que conseguem fazer com que as colheres e garfos fiquem colados aos seus corpos.

Mas se eu sou extraordinário, então o próximo gajo que vão ver bem que podia ser o meu descendente, se um dia a minha perfeição se convertesse em energia pura.

Reparem que tudo o que ele faz, eu consigo fazer no meio de uma tempestade de areia no deserto com leões e tigres à minha volta...quando eu tiver 80 anos...e for paraplégico.

Mesmo assim é do catano...


Cortesia do meu querido tio Paulo.

0 Comentarios: