sexta-feira, 18 de junho de 2010

In Memoriam: Saramago

Morreu o segundo Nobel português.
Nunca li nada dele, nem sequer quando fui forçado pelo Ensino. Sim, eu fui daqueles que li por partes e com resumos o raio do Memorial do Convento. Nunca gostei da forma arrogante como escrevia com maiúsculas e vírgulas e assim essa cena. Não é o meu tipo de escritor, se bem que eu só leio a "Ana mais atrevida".
Um tipo arrogante, um tipo que parecia que estava acima dos outros só por ter o Nobel. Já nem falo da sua opção em ir viver para Lanzarote, porque eu também o faria.
Morreu aos 87 anos e deixa neste mundo algumas das mais belas prosas escritas.
(isto é o que dizem...)

5 Comentarios:

Tiago disse...

Português ou Espanhol?...

johnnie walker disse...

Português ou Espanhol?!?!?!?!?

Creio que ele é o primeiro Nobel Português a seguir ao aveirense Egas Moniz.

Pikaxouriços disse...

Paz à sua Alma!

johnnie walker disse...

Os comunas têm alma?

joemorales disse...

Por vezes a exigência confunde-se com arrogância. Quando se é bom os níveis de exigência superam tudo o que os(nos) rodeiam. Saramago, tal como Mourinho. RIP