segunda-feira, 28 de junho de 2010

Vergonhoso!!!!



Primeiro foi no jogo do Brasil contra a Costa do Marfim, em que o Fabiano ajeita a bola com o braço para marcar o segundo (ou terceiro?) golo. A coisa gira foi ver o árbitro depois a rir-se para o Fabiano e a fazer gestos como quem a dizer: "Epáh, oh Fabiano, para a próxima mete mesmo os dedos na bola e mete-a descaradamente para dentro da baliza que eu não me importo. A gente ri-se toda e depois no fim bamos mamar binho para o balneário..."

O seleccionador da Costa do Marfim, Sven Eriksson fez referência a esta pouca vergonha mas a FIFA nada fez. Afinal devem ter ido mesmo todos mamar binho para o balneário...

Hoje foi algo inacreditável... Foi mesmo assim daquelas merdas que só apetece esfolar o árbitro com garfos. Primeiro no jogo com a Inglaterra em que Lampard mete uma bola DENTRO da baliza fazendo o empate. Todos viram, menos o árbitro. O que seria o empate, ficou-se pelo 2-1 afectando um possível rumo do jogo.

Apenas 4 horas depois, outro árbitro faria o erro inverso. Validando o PRIMEIRO golo da Argentina. Tevez, o autor do dito golo, estava tão fora de jogo que acho que estava fora do estádio. A equipa mexicana pouco depois sofre o segundo golo devido a nervosismo e injustiça.

Estamos a falar de uma fase final de um campeonato do MUNDO. Só se realiza de 4 em 4 anos e verem assim as equipas a sairem devido a erros idiotas e que desfazem 2 anos de trabalho árduo que as equipas têm para se classificarem. Não é justo.

Agora veremos o que a FIFA faz.
Eu sei o que vai fazer: mamar binho para o balneário com os árbitros...

Ao menos que metam este árbitro no jogo de Portugal x Espanha.




PS: Ao menos foi feita justiça com França. A equipa gaulesa tinha chegado a esta fase final quando ganhou escandalosamente contra a Irlanda em que Henry controla a bola com o braço, nascendo daí o golo da vitória francesa. A FIFA na altura foi pressionada para fazer alguma coisa. Realmente fez. Fechou os olhos e permitiu que a França fosse para a fase final do Mundial enquanto deixou a Irlanda a falar para a parede...

0 Comentarios: